conheça o cargo de guard…


Você sabe o que faz um guarda de segurança patrimonial da Imbel? A carreira foi uma das que mais despertaram o interesse dos seguidores da Folha Dirigida, em pesquisa feita no Instagram.

Por isso, reunimos todas as curiosidades para quem quer entender um pouco mais sobre esse cargo. Entre elas, atribuições, escolaridade, e mais detalhes. Confira!

Primeiramente, conforme descrito no Plano de Empregos, Carreiras e Salários da Imbel, o cargo passou por uma substituição de nomenclatura passando a se chamar guarda de segurança. O guarda é o responsável por zelar pela segurança das pessoas e do patrimônio da Imbel.

Este profissional também garante o cumprimento das leis e regulamentos, recepcionando, controlando a movimentação de pessoas em áreas de acesso livre e restrito, fiscalizando reservas florestais, veículos, cargas, patrimônio e pessoas. 

Além disso, é ele quem controla entradas e saídas de materiais, objetos e cargas, também realizando escolta de pessoas e produtos. Atua, ainda, combatendo focos de incêndio, fazendo comunicações via rádio ou telefones, prestando informações ao público e realizando rondas. 

Dentre as principais atribuições para o cargo estão:

  • Guardar a portaria, fiscalizando e controlando o acesso (entrada e saída) de veículos de propriedade da empresa e de visitantes, solicitando, anotando e retendo documento de identificação, preenchendo e entregando autorizações para circulação nas dependências da empresa, vistoriando malas, bagageiros, volumes e pacotes em geral, bem como, realizar revistas em pessoas e proceder a vistorias nas saídas e verificar se as autorizações de acesso estão devidamente assinadas pelos colaboradores visitados;
     
  • Executar rondas diurna e noturna, percorrendo todas as áreas da empresa, inspecionando suas dependências, verificando a movimentação de pessoas e veículos, identificando qualquer movimento suspeito e tomando as medidas cabíveis, conforme normas da empresa;
     
  • Examinar as instalações patrimoniais, predial, hidráulicas, elétricas, máquinas, equipamentos, veículos, depósitos, almoxarifados, oficinas, informando ao seu superior imediato qualquer irregularidade constatada, para permitir a tomada de providências adequadas; 
     
  • Trabalhar de acordo com os horários de trabalho, escalas de revezamentos e/ou horários fixos, estipulados na empresa e definidos nos contratos individuais de trabalho, acordos coletivos e acordos de compensações respeitando-se a legislação trabalhista vigente;
     
  • Executar trabalhos de escolta, tendo que acompanhar em viaturas as cargas que se destinam aos embarques em aeroportos e/ou a clientes, percorrendo itinerários interestaduais, previamente determinados, até a entrega da mercadoria nos seus destinos, inclusive para as demais Unidades da empresa, zelando pela segurança do transporte e da carga;
     
  • Zelar pelo sigilo de informações tecnológicas e administrativas da empresa;
     
  • Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu superior imediato; 
     
  • Desempenhar suas atividades com qualidade, organização, responsabilidade, mantendo bons relacionamentos interpessoais, agir com urbanidade, desenvolvendo suas capacidades e habilidades para o trabalho.

Para concorrer ao cargo, é exigido o nível médio completo. No edital do concurso ainda pode vir especificada a exigência de curso profissionalizante de Formação de Vigilantes, com carga horária de 160 horas ou reciclagem de 30 horas. 

Ainda de acordo com o que está descrito no Plano de Carreiras da empresa, há exigência de um tempo mínimo de experiência para participação, que seria de seis meses. A remuneração prevista no documento é de R$1.193,74.

+ Concurso PF: com parecer da Economia, aval sai nos próximos dias 

Edital do concurso Imbel tem previsão para ser publicado ainda em 2020
(Foto: Divulgação)

Como está o andamento do concurso Imbel?

De acordo com a a Assessoria de Comunicação da Indústria de Material Bélico do Brasil, “a Imbel, junto com a Fundação Getúlio Vargas, organizadora da seleção, está em tratativas urgentes para o lançamento do edital”.

O departamento informou à Folha Dirigida que a intenção é de que o documento seja publicado até dezembro deste ano

Deste modo, todos os trâmites anteriores à publicação do edital já foram realizados. Agora, basta aguardar a divulgação do documento pela organizadora.

Resumo do concurso Imbel

Além do guarda de segurança, quais outros cargos serão ofertados?

Segundo fontes ouvidas pela Folha Dirigida, o concurso da Indústria de Material Bélico do Brasil terá oferta de vagas para cadastro de reserva, em todos os níveis de escolaridade. Deverão ser contempladas as seguintes carreiras:

  • Nível fundamental: agente de apoio operacional;
  • Nível médio: guarda de segurança, motorista, oficial de produção industrial, auxiliar técnico industrial, auxiliar técnico administrativo e oficial de ferramentaria industrial;
  • Nível médio/técnico: técnico Industrial especializado; técnico em Radiologia, técnico em Enfermagem do Trabalho e administrativo especializado;
  • Nível superior: analista especializado, supervisor, advogado, engenheiro e médico do trabalho.

 As remunerações oferecidas variam de acordo com o cargo. O valores ficam entre R$1.275,46 e R$5.331,47. A contratação é pelo Regime das Consolidações das Leis Trabalhistas (CLT). 

De acordo com informações disponíveis no site da própria Imbel, os novos funcionários ingressam com um contrato experimental de 45 dias, prorrogáveis por igual período. 

Durante esse período, os profissionais são avaliados. Está é a forma da empresa identificar conveniência ou não da permanência do servidor no seu quadro de pessoal. 

Botão com link para assinatura

Como será feita a lotação dos aprovados?

Também já foi divulgado que os aprovados no concurso Imbel 2020 poderão ser lotados na sede da empresa, em Brasília/DF. Ou nas Unidades de Produção (UP), sendo elas:

  • Piquete – São Paulo (Fábrica Presidente Vargas — FPV);
  • Itajubá – Minas Gerais (Fábrica de Itajubá — FI);
  • Juiz de Fora – Minas Gerais (Fábrica de Juiz de Fora — FJF);
  • Magé – Rio de Janeiro (Fábrica da Estrela — FE);
  • Rio de Janeiro (Fábrica de Material de Comunicação e Eletrônica — FMCE).

Estas devem ser as mesmas localidades para aplicação das provas do concurso Imbel. No entanto, a empresa ainda não divulgou detalhes sobre as etapas de seleção dos candidatos. 

+ Concurso Imbel: FGV é definida como banca e edital já pode sair

Último concurso Imbel foi realizado há quatro anos

Quem está de olho numa oportunidade na Imbel, pode usar como referência o edital anterior para sair à frente na preparação. A última seleção, realizada em 2016, foi organizada pela Cetro Concursos. 

Na época, os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva. O conteúdo variou de acordo com o cargo. 

Para os cargos de níveis médio e técnico, foram cobradas 40 questões, distribuídas pelas disciplinas de: Língua Portuguesa (20), Matemática (10) e Noções de Informática (10).

Já os candidatos de nível superior responderam 50 questões. Essas abordaram conteúdos de Língua Portuguesa (15), Matemática (sete) Noções de Informática (oito) e Conhecimentos Específicos (20). Esses ainda tivera que responder uma prova de Redação. 




Seja um atirador esportivo!

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-


Source link