Mercados Negativo com Trump Infectado e à Espera do Payroll


CENÁRIO ECONÔMICO & MERCADOS 

Após viajar para o debate junto à uma assessora infectada pelo COVID-19, o presidente americano Donald Trump confirmou que ele e sua esposa, Melania, foram contaminados, somando mais um líder mundial afetado pela doença. 

Os mercados reagem negativamente neste momento à notícia, adicionada à possibilidade de não aprovação no Senado americano do pacote de estímulos de US$ 2,2 trilhões aprovado pela Câmara dos Representantes e a possibilidade de um acordo entre Pelosi e Mnuchin parece distante. 

Neste contexto, as atenções podem se desfocar de uma agenda substancial de indicadores, que incluem a produção industrial no Brasil, a inflação em São Paulo que superou o topo das projeções do mercado em setembro e o mais aguardado da semana, os dados do mercado de trabalho nos EUA através do Payroll

Localmente, algumas notícias podem ser encaradas positivamente no âmbito político, que mais uma vez afetam o âmbito econômico.

Num evento do JPMorgan, o presidente do BC, Campos Neto se alinhou à equipe econômica ao citar uma possível elevação de juros, caso o teto dos gastos ser rompido, por conta do renda Brasil. 

Neste momento, este alinhamento é importante para forçar a classe política buscar fontes mais claras e menos mirabolantes de receita (puxadinhos), ao invés de buscar a solução fácil e muitas vezes, de elevado custo fiscal. 

O presidente Bolsonaro em sua live semanal reiterou total apoio à agenda econômica de Paulo Guedes e ao ministro em si, retirando o peso que se colocou nas costas da equipe econômica nas últimas semanas, dadas as soluções inviáveis criadas pela ala política do governo. 

A solução deve necessariamente passar pela criação de um novo imposto, o que obviamente acaba por transferir para depois das eleições municipais quaisquer discussões da reforma tributária ou de uma agenda mais complexa de votações no Congresso. 

Outro ponto importante foi a aprovação pelo STF da venda de refinarias sem o aval do Congresso, gerando importante precedente para os futuros processos de privatização, até mesmo de concessões e parcerias público privadas. 

ABERTURA DE MERCADOS 

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, com Trump contaminado por COVID-19. 

Em Ásia-Pacífico, mercados negativos, após infecção do presidente americano. 

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos. 

Entre as commodities metálicas, quedas generalizadas, destaque à prata

O petróleo abriu em queda em Londres e Nova York, com temores de redução de demanda global. 

O índice de volatilidade abre em alta de 9,63%. 

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,648 / 0,67 %

Euro / Dólar : US$ 1,17 / -0,264%

Dólar / Yen : ¥ 105,15 / -0,351%

Libra / Dólar : US$ 1,29 / 0,171%

Dólar Fut. (1 m) : 5649,03 / 0,31 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI – Julho 22: 3,87 % aa (-2,52%)

DI – Janeiro 23: 4,61 % aa (2,22%)

DI – Janeiro 25: 6,53 % aa (0,46%)

DI – Janeiro 27: 7,50 % aa (0,27%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

: 0,9250% /  95.479 pontos

: 0,1267% /  27.817 pontos

: 1,4238% /  11.327 pontos

: -0,67% /  23.030 pontos

: 0,79%  /  23.459 pontos

: -1,39% /  5.792 pontos

ABERTURA

: -0,933% / 12611,98 pontos

: -0,786% / 4786,13 pontos

FTSE: -1,034% / 5818,66 pontos

Ibov. Fut.: 0,88% / 95423,00 pontos

S&P Fut.: -1,057% / 3304,70 pontos

Nasdaq Fut.: -2,238% / 11352,75 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: -1,12% / 69,46 ptos

Petróleo : -4,13% /  $37,09

Petróleo : -3,84% /  $39,12

: 0,08% /  $1.908,82

Minério de Ferro: 2,79% / ‎¥‎ $121,43

: -0,83% / $1.016,25

: -0,98% /  $379,50

Café: -1,07% /  $105,85

Açúcar: -1,62% /  $13,39

 

 
 






Seja um atirador esportivo!

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-


Source link