Putin diz que Rússia faria retaliação atômica se atacada pela Otan


Putin aprova a nova doutrina de dissuasão nuclear da Rússia, que lhe permitirá usar armas atômicas em resposta a um ataque da Otan contra seu território


Assine a Newsletter 247

247 – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aprovou na terça-feira (2) uma nova política de dissuasão nuclear para o país, que é de natureza defensiva para se proteger contra qualquer agressão direcionada a suas infra-estruturas militares e governamentais vitais que representem um perigo de perda de controle sobre o comando nuclear russo.

“A Federação Russa se reserva o direito de lançar um ataque nuclear, em resposta a um ataque semelhante ou no caso de uma ameaça à sobrevivência do Estado”, afirma o decreto assinado pelo presidente russo, segundo informação da HispanTV.

O documento, que inclui os princípios de dissuasão nuclear e ameaças à segurança da Federação Russa, que incluiria a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), afirma que a referida estratégia de contenção nuclear será direcionada contra alguns países e coalizões militares que veem a Rússia como um inimigo em potencial e possuem armas nucleares e armas de destruição em massa e importantes armas convencionais.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.




Seja um atirador esportivo!

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-


Source link